Hoje falaremos sobre o livro Le Morte d’Arthur. Podemos trabalhar com adaptações desse livro ao tratarmos da idade média e seus valores.

Características gerais da obra.

O autor do livro Le Morte d’Arthur é sir Thomas Mallory (1400? – 1470). Sua obra contém oito livros. Le Morte de Arthur é um texto de cavalaria construído sobre os três pilares: poder, fé e honra. Mallory escreveu este livro em inglês medieval, dialeto que circulou na Inglaterra, aproximadamente, do ano 1100 ao ano 1500 d.C.

É possível encontrar obras adaptadas da mesma história tais como:

  • Rei Arthur e os Cavaleiros da Távola Redonda.
  • Contos e Lendas dos Cavaleiros da Távola Redonda.
  • Três Grandes Cavaleiros da Távola Redonda.

Resumo da obra.

O rei de toda a Grã- Bretanha, Uther Pendragon, pede a visita do duque da Cornualha à sua corte e lá se apaixona por sua esposa, Lady Igraine. O rei Uther propõe a Igraine que durma com ele, mas ela recusa fugindo com o seu marido. Com a fuga da rainha rei Uther fica furioso e declara guerra contra o duque. Depois de algum tempo o rei Uther fica doente e sir Ulfius seu amigo aconselha-o a procurar o mago Merlim e parte em sua procura.

Merlim ajuda o rei Uther a possuir Lady Igraine com a condição de que o filho do casal seja entregue a ele. Depois do nascimento do bebê que viria a ser o rei Arthur, Merlim leva-o para um padre que o batiza e depois para sir Heitor cuja a esposa amamenta o bebê.

Depois da morte do rei Uther, toda a Grã Bretanha entrou em guerra pelo trono, porém, após o conselho do duque da Cornualha, todos concordaram em disputar o trono através de um estratagema: tirar a espada que estava cravada em uma bigorna na igreja de São Paulo. Ninguém consegui tirá-la, contudo foi proposto uma justa para selecionar o novo rei. Arthur, que estava acompanhando sir Heitor e seu filho sir Kay que iria disputar na justa, voltou para casa para buscar a espada que sir Kay havia esquecido. Ao chegar na casa encontrou a porta fechada e não podendo entrar partiu para a igreja de São Paulo e retirou a espada da bigorna, levando-a logo após a sir Kay. Todos perceberam depois de algum tempo que Arthur havia retirado a espada da bigorna, por isso devia ser rei.

Após assumir o reino, rei Arthur passa por muitas guerras e aventuras antes de consolidar o seu poder.

Características das personagens.

Espaço: A história se passa na Inglaterra nas regiões da Cornualha e Avalon.

Tempo da narrativa: A narrativa sempre se remete ao passado.

Rei Uther: pai de Arthur.

Lady Igraine: esposa do duque da Cornualha após a sua morte, esposa do rei Uther.

Duque da Cornualha: marido de Lady Igraine.

Merlin: mago e profeta. Esse personagem mistura características cristãs e celtas.

Sir Ulfius: amigo do rei Uther que o ajuda a conquistar Igraine.

Sir Heitor: homem que criou o rei Arthur como um pai.

Sir Kay: cavaleiro, filho de sir Heitor, do qual rei Arthur é escudeiro.

Dama do lago: mulher que apresenta a espada escalibur ao rei Arthur.

Rei Lot: rei da Escócia, casado com Morgana.

Morgana: filha de Lady Igraine e irmã de Arthur.

Mordred: filho de Arthur e Morgana. Observe que, por ser filho de dois irmãos, Mordred está destinado a matar o próprio pai Arthur.

Características do texto.

Catolicismo e religiosidade: o texto é permeado de traços da cultura católica, podemos observar essa característica quando Merlim leva sir Arthur para batizá-lo antes de entregá-lo a sir Heitor.

Paganismo e mística: podemos observar em todo o texto traços místicos como, por exemplo, o aparecimento da espada escalibur no lago.

Profecias: A figura principal desse aspecto é Merlim que prevê até a sua própria morte.

Inocência e superficialidade: Os heróis modernos são diferentes dos personagens clássicos, pois o romance moderno é voltado para os personagens, ao passo que o clássico é voltado para as ações. No texto temos como exemplo de inocência e superficialidade, a cena em que o rei Uther pergunta para a sua esposa, após perceber que ela está grávida, quem seria o pai da criança.

Contendas: Os textos de cavalaria são feitos sobre três pilares: poder, fé e honra.

A arte: A história do rei Arthur influenciou outras literaturas como a Francesa e a Portuguesa. Na França o foco da história são as batalhas, a Inglaterra o foco é o rei Arthur e em Portugal o foco é o santo Graal.

Ideias de projeto.

Dentre as diversas possibilidades de se trabalhar com a obra, é possível efetuar a leitura coletiva e pontual do livro em sala de aula.

Os alunos formam um circulo na sala de aula e cada um efetua a leitura de um trecho do texto. Ao término de cada aula o professor pode sugerir um debate ou a produção de algum projeto relacionado ao trecho lido.

Algumas possíveis produções são:

  • Composição de cantigas medievais;
  • Debates sobre os temas tratados nesse texto;
  • Produção de desenhos e maquetes;
  • Assistir filmes e desenhos com o mesmo tema.

Enfim, as opções são inúmeras.

Espero que tenham gostado da sugestão. Até a próxima.

Luciano Aparecido Marques

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s