Importância da vida

Vida

Saúde, esperança, beleza

Assombro de amor.

Tela colorida, notas suaves

Arranjos arquitetônicos, flor.

______________________________

Do vago vem e vai o vento.

Faz brisa, refresca,

Espalha sementes

Ressoa no infinito, gera o tempo.

_______________________________

As algas no fundo do mar

Quase sem importância

Para o apressado homem de paletó

_______________________________

São um exemplo a se pensar

A existência e relevância

De cada ser ao redor.

_______________________________

Cada vida é luz

E sua unicidade ímpar

É incomensuravelmente maior

_________________________________

Do que qualquer ouro ou prata,

Pois é rara e única

Não se compara a nada.

Luciano Aparecido Marques

Ano novo, vida nova.

Caros leitores e leitoras,

Desejo a cada um de vocês um excelente 2021. Eis que publico o meu último texto de 2020 e espero ter contribuído com o sucesso de cada um de vocês. Obrigado por estarem ao meu lado nessa grande jornada da vida.

Ânsia.

Eis que o véu da vontade se descortina

E com ele a ânsia e a vontade

Se abrem por completo.

_____________________________________________

Com isso, a janela do destino se nos mostra

E nossa história começa a ser escrita

Já no embrião, no feto!

______________________________________________

Antes de sairmos

Pela porta tomamos a precaução

De observar bem o terreno!

____________________________________________

Os declives, as montanhas, as trilhas.

Na bagagem trazemos o bastante

Apenas para um período de tempo.

____________________________________________

Contamos obviamente com a ajuda

Daqueles que aqui estão

E dia após dia construímos nosso intento

_____________________________________________

Se chegamos até aqui

É uma benção sem igual

Vivamos, pois, felizes o momento!

Feliz 2021!

Luciano Aparecido Marques

Gratidão pela rara existência!

O coração pulsa,

A corrente sanguínea toma seu rumo

Os hormônios pululam e arrumam a casa,

A bagunça!

___________________________________________

O cérebro trabalha;

Envia sinopses que constroem a mente

A inteligência acende pela manhã tal qual farol

Na beira da praia!

_______________________________________________

O cabelo esvoaça

Ao bater do vento contra a face

As pernas dançam em frenesi

E a felicidade escapa.

______________________________________________

A existência se esparge!

Os olhos percebem as cores

O ouvido, os sons

Autêntico Milagre!

_____________________________________________

A vida passa

Os amigos e a família somam

E aos poucos amamos

Em tom de graça!

_____________________________________________

Cultivamos a semente

E sabemos que além está

O trem para próxima estação.

A partida é iminente!

___________________________________________

Sigamos adiante

Não nos entristeçamos

E agradeçamos nossa

Chance!

Luciano Aparecido Marques.

The Greatest Christmas Present.

A star shone in the sky,

And up above beyond the hills

Three mysterious guys

Came in white clothes like daffodils

_____________________________________

Their wealth was immense.

And from different parts of earth

They brought gold, incense

And a brown substance called myrrh

____________________________________

That day,

In Bethlehem, resolutely

The king was born

__________________________________

Since then,

His presence has absolutely

Been enough.

Luciano Aparecido Marques

Sonho.

Desejo que teu sonho,

Recheado de VERBOS de ação

Suplante teu olhar tristonho

Trazendo-te paz ao coração.

_________________________________

Com ADJETIVOS doces

Tal sonho cumpra sua função,

Que agregada de bons valores,

Evoque em ti beleza e mansidão

_________________________________

Com ADVÉRBIOS calmamente

Possa tal imagem onírica

Trazer-te paz presente

E elevar-te além da existência física

__________________________________

Que teu PRONOME principal

Não seja apenas um “eu” atroz

Mas que percebas sem igual

O poder que está no “nós”

__________________________________

Hosana! Que exale em ti perdão

E que tal desejo astuto

Vindo à vida INTERJEIÇÃO

Torne a ti um ser mais justo!

_________________________________

Deixando de Orfeu os montes,

Ainda em sonho embriagado,

Possa tua alma a Caronte

Pagar em NÚMEROS o retorno de barco  

___________________________________

Observes a travessia ao largo,

E escrevas em teu coração um ARTIGO!

Ao tomar a margem do outro lado

Possas transformar o que vistes em SUBSTANTIVOS!

__________________________________

Não tenhais medo do trajeto

Pois a PREPOSIÇÃO dos astros

Alinhados no útero do tempo tal qual feto

Hão de tornar tal sonho um ato!

___________________________________

A tal travessia seja dada em CONJUNÇÃO

Paz, amor, perdão e bem.

Tua alma, em plano real então,

Receba o sol da janela, amém.

Luciano Aparecido Marques.

Presença!

Sua consciência é a sua existência

É nela que percebes as coisas,

Tanto da margem quanto da essência.

_____________________________________

Com consciência podes doar-te.

E usar as potencialidades

Para fazer de sua vida uma arte!

______________________________________

Enquanto lutam para ter de ti a atenção,

Pois sabem que sua presença bem quista

É a grande potência manifesta de seu maior galardão,

Deus faz em ti um sopro momentâneo de vida.

________________________________________

Dez mil se perdem ao acaso

Devido ao apego desenfreado dos sentidos

E mil, levados de si acorrentados,

Não percebem o risco.

_________________________________________

Não sejais negligentes com sua presença

E doa-te à momentos que te merecem,

De modo que a sua existência

Valha a benção que Deus a ti acresce.

________________________________________

Não deixes que roubem a sua presença,

Porquanto, com ela consegues suplantar

O efêmero universo da ausência.

Luciano Aparecido Marques

Respiração consciente.

Sonha e vive o momento,

Pois quando menos se espera

Lá se vai o tempo.

_____________________________

A crise que recai no instante

Não deve suplantar a coragem

Quando segues avante.

_____________________________

Contudo, se apequenas a vida

Ainda que riqueza possuas,

Não terás a devida guarida .

____________________________

Logo, viva com calma,

Pois que a felicidade

É um estado da alma.

_____________________________

E se a deixas esquecida,

Corres o risco

De a veres partida.

______________________________

Portanto, tal qual reino dividido

Não deve sua alma sofrer

Com risco de ficares perdido.

_______________________________

Respire fundo e prenda o ar contigo

Solte-o depois percebendo

Que não apenas existis, mas estais vivo.

Luciano Aparecido Marques

Amor em flor

O que dizer dos olhos de quem te beija?

Ou não sabes que lá no fundo da íris

Uma alma te deseja?

___________________________________________

Que intenção terá tal alma neste mundo?

Será amor verdadeiro?

Ora, saberás se olhares bem no fundo.

________________________________________________

Investigai nos labirintos da alma avulsos

E cuidai para que esse amor não seja uma tolice,

Afinal, tua vida vale mais que um impulso!

__________________________________________________

Olhe nos olhos, eles lhe darão a resposta

Ainda que isso leve tempo!

Acredite, vale a pena não contar apenas com uma aposta.

_________________________________________________________

O amor capaz de esperar com paciência

Já é em si amor sublime,

Portanto, tenha força e prudência.

_____________________________________________-

Pois que, na hora certa em flor

Um botão desabrochará

E tu, alheio a dor

E inebriante de prazer

Encontrará o amor

E ele lhe retribuirá.

Luciano Aparecido Marques.

Onomatopoeia.

Nope!

Maybe it’s a signal of hope.

Yep!

Both are connected in a periscope.

Side A!

You can see the world with your own eyes!

Side B!

Someone sees what you disguise!

Dream?

It looks like real, but it’s not at all!

Reality!

You guess you know, then you fall!

Meow, Hiccup, pop, boom…

Virgin sounds, awesome, pure!

Language and phonemes that we put away.

I think of what Wittgenstein would say.

Luciano Aparecido Marques

Smile!

Simply smile!

Then, into  the time deep cliffs

Will fall your solitary soul.

At that moment you’ll achieve

A feeling you’ve never felt ago.

______________________________

Simply smile!

And you’ll see that life pain is worth it!

The coming and going dance of existence

May become clear if you show your teeth

In a large smile of gratitude for God’s providence.

_____________________________________

Simply smile!

So, at the time of your farewell

Your friends will look at the sky

And they will be able to see in a while,

Shining brightly there will be your smile!

Luciano Aparecido Marques