Despedida

Um adeus é tão grande

Que não cabe no tempo…

A forma se vai,

Mas a fagulha da essência

Fica aqui por perto…

Corrói a lembrança

Mas também faz sorrir…

Fica dentro da alma

Até a hora de partir…

Quando então ao encontro terno

De um abraço infinito

No regaço do Eterno

Onde tudo é mais bonito

A despedida deixará de existir.

…………………………………………………………….

Luciano Aparecido Marques